Como Esquecer Alguém

Como Superar a perda de um grande amor, lidar com o grande vazio no peito, e sair dessa numa boa.


É o fim. Não importa o que as pessoas digam, você tem um buraco dentro do peito e daria tudo pra estar perto da pessoa que te abandonou. Por mais erros que ela tenha cometido, você perdoaria todos e com certeza a frase que ainda ronda sua mente é "não quero te esquecer".

De certa forma, lá no fundo, você sabe muito bem que precisa esquecer este alguém.
Por mais que você tente, você sabe que é inútil, porque sente uma dor bem real.

Como é a Dor de Cotovelo?

No momento em que se perde alguém, sente-se uma dor imensa, onde não há posição confortável para se sentar, não há lugar para se deitar, e quem sente, não consegue descrever a intensidade.
O interessante é que dói muito, como um buraco dentro do peito, e realmente você pode dizer: Meu coração dói. Não é à toa que o coração está entre os símbolos do amor.

O mais importante, é que você não vai admitir que perdeu, e vai se torturar pensando naquela pessoa. Como se estivesse gostando de sentir dor. Quem sofre por amor, é uma espécie de masoquista. Ele sente um pouco de felicidade ao lembrar da pessoa, mas sabe que vai doer, porém seu ego não irá tentar nenhum mecanismo de defesa, e ele irá se entregar a isso.

A tristeza que toma conta de quem perdeu um grande amor, uma paixão, chega a ser quase uma obsessão. Por isso é difícil e praticamente impossível usar argumentos, principalmente contra o amado, para que a pessoa o esqueça. Quanto mais maltratado se é, mais ele vai querer estar perto e se sujeitar a qualquer coisa pra permanecer ao lado de quem ama.

A Solução da dor é o Tempo?

Hmm... Não exatamente!
O Tempo em si, não cura uma ferida, mas sim o que você faz com este tempo.
Considere o exemplo:  Se você passar meia hora pensando naquela pessoa, o tempo estará passando do mesmo jeito, e sua dor estará aumentando ou ficando na mesma, logo, o tempo não cura. Porém, se você passar meia hora se ocupando de alguma coisa que não seja pensar no amado, vai com certeza ter sentido menos dor neste momento.

Quando se ocupa a mente com outras coisas, vai estar minimizando a dor, porque seu cérebro irá "esquecer" um pouco da dor que você sentia, e logo, tudo aquilo que era ruim, vai ser uma lembrança, e não mais uma dor física.

Considere a dor da perda, como uma ferida que se abriu. Quando você se machuca, dói. Se ficar mexendo naquela ferida da paixão, pensando naquilo, cutucando a ferida, indo atrás da pessoa e falando com ela, vai doer. Quando fazemos alguma coisa como trabalhar por exemplo, sair com os amigos, focar nossos pensamentos em outras ações, estamos deixando que a ferida se feche naturalmente e fazendo curativos.
Eu costumo dizer que quando arranjamos um novo amor, fechamos essa ferida muito mais rápido.

Quanto maior a perda, o tamanho da dor, os sentimentos que tínhamos pela pessoa, maior pode ser o tempo que levaremos para superar, principalmente se temos contato diário com quem nos abandonou. Será inevitável que essa ferida seja tocada toda vez.

Ocupe Seu Tempo

Sentir mais ou menos dor, é você quem vai fazer. Como mencionei, é provável que você queira ficar mexendo na ferida, remoendo sentimentos, e sentindo uma espécie de prazer nisso. Apenas se você estiver disposto a esquecer a dor e superar a perda, é que você vai conseguir.

Use o tempo que tem para se ocupar de outras coisas. Toda vez que seus pensamentos focarem na pessoa, desvie-os para outro lugar e procure fazer alguma coisa que realmente exija sua concentração. Difícil é, eu não  disse que era fácil, mas é possível. Dizer que "não consigo porque sou fraco" é desculpa pra continuar se martirizando e consentindo sua dor.

Se você quer parar de sofrer, não espere o tempo se ocupar de você, pois nada vai acontecer, mas se ocupe  de alguma coisa enquanto o tempo passa. A cicatriz vai ficar, mas cicatrizes não doem, serão lições do futuro, como imagens em um álbum de fotografias.

Mais Sobre o Assunto em: O fim da Relação

Mais Sobre o Assunto: O Perigo do Gostar