Tenho Namorado Mas Gosto de Outro

Estamos com alguém, mas pensando em outro. Toda vez que esse alguém aparece, você vira do avesso por dentro

[O texto serve para ambos os sexos, embora escrido no feminino]

Às vezes fica tão difícil de conter. Você gosta do seu namorado(a), mas tem aquela pessoa que mexe com você. Algumas vezes é alguém do trabalho, outras vezes, uma antiga paixão que já estava dentro de você que reacendeu, e você não sabe muito bem o que fazer.
Você não quer continuar enganando seu namorado, mas também não consegue fingir que a situação não existe.

A primeira coisa que devemos pensar, são nas situações diferentes que temos. Cada caso é um caso, mas uma coisa deve ser esclarecida em todos eles: Não se deve cometer a traição em nenhuma das hipóteses.

Organizando os Fatos

A primeira coisa que você deve pensar, é no fato de ter um namorado. Está bem claro que você tem um compromisso com aquela pessoa, mesmo que seja leve. Ninguém gosta de ser enganado, então a primeira coisa a se fazer, é se colocar no lugar do namorado.

Coloque seu coração de lado por alguns instantes e faça uma análise lógica da sua situação:

Outra coisa que você deve fazer, é pensar o quanto gosta dele, e o quanto ele é importante na sua vida. Sua razão pede pra você fazer o que? Se você não fosse apaixonada por essa outra pessoa, gostaria de ser apaixonada pelo seu namorado? Ele representa muito pra você? Ele te trata bem? Enfim, você irá colocar em ordem seus pensamentos, focando no quanto este seu namorado é importante.

A próxima coisa a se fazer, é pensar no outro também de forma racional, no perfil dessa pessoa. Quais as qualidades dele? Como é seu caráter? Ele gosta de você? Você sente atração física apenas? Faça todas as perguntas possíveis procurando ao máximo ver tudo pelo lado de fora.

Agora pense no que você sente. Quais seus sentimentos com o namorado e com o outro rapaz. São fortes o suficiente pra acabar com o namoro? Se não, é melhor esquecê-lo.

Sobre a Paixão

Antes de mais nada, saiba que o famoso termo da vovó é real - "pode ser fogo de palha", ou seja, tudo queima muito rápido e depois passa.

Mais do assunto: Paixão Tem Duração

Mais do Assunto: Diferença entre Amor e Paixão

Talvez o sentimento pelo outro seja passageiro. Ele pode ser mais intenso porque é paixão. Você não está com ele a tanto tempo, então não conhece todos os seus defeitos, e acaba colocando ele num patamar mais alto no seu coração, porque ele faz seus hormônios dançarem. Quando a paixão acaba, sobra um sentimento, que talvez seja o que você sinta pelo seu namorado agora. Talvez seja amor, e jogar tudo pro alto por algo que seria apenas uma aventura é coisa pra se arrepender no futuro.

Sobre Caráter

Se você acha que não vai conseguir esquecê-lo e pode cometer uma bobagem, é melhor terminar seu namoro. Ser claro e explícito com o compaheiro sobre tudo o que está sentindo, é sempre o melhor caminho pra se manter limpa. Fazer coisas erradas pra "ver se dá certo" e depois ficar com consciência pesada, só vai manchar você mesma.

Aqui vai algumas citações sobre culpa:


Todo o homem é culpado do bem que não fez  Voltaire   


Não se é menos culpado não fazendo o que se deve fazer do que fazendo o que não se deve fazer   Aurélio 


Seja uma pessoa limpa. As duas escolhas mais certas nesse caso são:


  1. Contar o que sente ao namorado - Terminar ou não. Se não terminar, procurar se apaixonar por ele novamente, cuidando um do outro e do relacionamento que pode estar cansado. Se terminar, você terá sido uma pessoa que joga limpo e não brinca com os sentimentos dos outros.
  2. Não contar  e também trabalhar o relacionamento com seu namorado, reavendo a paixão que está dormindo, procurando assim esquecer o outro.

Lembre-se, enganar de forma alguma é um ato bem pensado. Você precisa poder contar com seu namorado nessa situação difícil, sendo uma pessoa verdadeira. Mesmo que você ache melhor terminar o namoro e acalmar seus sentimentos, estará fazendo também fazendo algo certo. Mas quando conseguimos nos apaixonar por outra pessoa tendo alguém do nosso lado, o problema está justamente aí no seu namoro. Passar mais tempo com o namorado do que com o outro, voltar a se apaixonar pelo namorado, buscar com ele uma forma de sair da rotina, pode ser a melhor solução para se ter certeza de que aquele sentimento pelo outro era equivocado e passageiro.

Também não tente usar aquele famoso termo "Dar um tempo", pois dar um tempo, não existe.